PORQUE NÓIS NUM TÁ AQUI PRA SER LEGAL

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

UM POUCO DE CLÓVIS MOURA




"No Brasil a maioria dos estudiosos do problema do negro caem para o etnográfico, folclórico. O etnográfico, o contato entre culturas, o choque entre as mesmas, as reminiscências religiosas, de cozinha, linguísticas e outras ocupam o centro do universo desses cientistas".
(Clóvis Moura – Sociologia do Negro Brasileiro).

Comentário: Ou seja:
Há uma forte movimentação na sociedade para colocar o negro apenas como agente cultural, nunca como agente econômico. assim, os e as cientistas não colocam a pessoa negra como responsável por garantir a acumulação (durante a escravidão) que permitiria o surgimento da indústria, tão pouco a colocam como aquela que, na atualidade e em termos econômicos, carrega o país nas costas. Os negros são os maiores geradores de valores financeiros e quem menos fica com estes valores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário