PORQUE NÓIS NUM TÁ AQUI PRA SER LEGAL

quinta-feira, 24 de abril de 2014

O Zé na Torre de Babel

Meu nome é José. José do Povo.
Eu ontem queimei um busão.
Mas porquê o senhor fez isso? - o repórter perguntou.
Pensei que fosse a Babilônia, oxi.... Respondi.
Não era lá que se fazia o olho por olho, dente por dente?
Então... resolvi descontar os meus dias queimados no trânsito, meus parentes apagados nos canos, minhas vontades sufocadas na fumaça dos salários que nunca chegavam.
E aí botei fogo no transporte.

E o senhor não se arrepende?
Eu até que me arrependo.
No final, eu vi que ali não era a Babilônia mesmo.
Se fosse, eu teria que pôr fogo nas  empresas de transporte, na prefeitura que permite essa fusaca, no ministério da justiça, na PM que comanda a execução dos meus meninos... vixe... tinha que atacar tanta gente...
Lembra do olho por olho, gente por gente...?
Eu prefiro não fazer.

Sabe, moço, eu não gosto de vingança.
Eu queria mesmo era acabar com essa babel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário