PORQUE NÓIS NUM TÁ AQUI PRA SER LEGAL

sábado, 22 de março de 2014

MORTE E VIDA SEVERINA

O clássico poema de João Cabral de Melo Neto, que conta a saga do retirante Severino e sua luta pela vida, agora tem desenho animado.
Bom demais...
Pra dizer a verdade, eu só não gostei da cena do enterro do lavrador, pois lá a terra aparece representada como um ser feminino, mas com um toque de monstruosidade... No trecho que diz, por exemplo "abre-se a terra e te envolve/ como  mulher com quem se dorme" o ser que aparece envolvendo o corpo do lavrador tem corpo de mulher e cara de monstro.
Obviamente que contradições há, se não, não seria poesia. Mas o tratamento dado a esse trecho, no poema, é natural e terno, sem todo esse cinismo que vemos na animação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário