PORQUE NÓIS NUM TÁ AQUI PRA SER LEGAL

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Sobre o superencarceramento e o bônus à PM


 
Vivemos no Brasil um momento de superencarceramento. São 500 mil presos no país (e apenas 300 mil vagas), 200 mil só em São Paulo, o Estado que mais encarcera. Mesmo assim, o senso comum acredita que a polícia não prende ninguém.

Hoje 22/01/2014 o governo de SP anunciou que pagará bônus para o policial que ajudar a reduzir os índices de criminalidade. Deve pagar até R$ 10.000,00 em seis meses, quase R$ 1.700,00 por mês, considerando que o piso salarial da PM de SP é de R$ 2.240,00, é um bom incentivo.

O problema é que, na visão do policial, somente o encarceramento reduz índices de criminalidade. Por isso a única maneira de garantir seu bônus seria prender cada dia mais. Aí, o jovem favelado que era pego com um “baseado” e era dispensado por que o policial não queria perder tempo na delegacia, não será mais. E como o PM sabe que um baseado não é nada, as chances de que este forje um 12 (tráfico) pra cima do jovem, para garantir o tal bônus, aumentam.

É o governo de SP (o estado mais reacionário do país) tentando ampliar o número de presos. Esse Estado que não acredita em desigualdade social, só acredita em cadeia.
Entre os pobres todos conhecemos muitas pessoas que estão ou estiveram presas. A tendência é que este número aumente. É o estado racista, nazista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário