PORQUE NÓIS NUM TÁ AQUI PRA SER LEGAL

terça-feira, 25 de julho de 2017

Gráfica faz propaganda enganosa e prejudica lançamento de livro



De Zacimbas a Suelys



Hoje, 25 de julho, é o dia da Mulher Negra, Latinoamericana e Caribenha. É dia em que se homenageia Teresa de Benguela, líder quilombola, mais uma de nossas heroínas negras cujas histórias não contadas começam enfim a chegar até nós. Teresa de Benguela é como Zacimba Gaba – Princesa cabinda e quilombola – homenageada no livro DE ZACIMBAS A SULELYS : COLETÂNEA AFRO-TONS DE EXPRESSÕES ARTÍSTICAS DE MULHERES NO ESPÍRITO SANTO.

Entretanto, o lançamento da obra, marcado para o dia 29 de julho na cidade de Vitória (ES), corre sério risco de não acontecer porque a gráfica contratada para o serviço – PRINTI – não cumpre prazos, como faz parecer em suas propagandas. Nosso primeiro pedido foi feito no dia 07/07 e o prazo inicial de entrega era 12/07. No entanto, às vésperas do lançamento, só temos dez por cento do que foi pedido e devidamente pago.

Pedimos a gentileza de divulgar esse texto, para que outras de nós não caiamos em golpes semelhantes, para que as empresas sintam-se pressionadas e também para que o lançamento da coletânea seja um sucesso.

Aliás, sintam-se convidad@s!



Abaixo, mais detalhes sobre a obra e o coletivo




O Coletivo Afro-Tons tem o orgulho e o prazer de convidar tod@s a participar do Sarau de Lançamento da Coletânea Afro-Tons de Expressões Artísticas de Mulheres Negras no Espírito Santo – De Zacimbas a Suelys, a ser realizado no dia 29 de julho de 2017, na sede da DasPretas.org, localizado na Rua Gama Rosa, 194 – Centro – Vitória – ES, a partir das 19h. O livro traz a arte em forma de poesia, conto, fotografia e desenho de 24 (vinte e quatro) mulheres poderosamente negras, que trazem todo o universo de dor, crítica, denúncia, beleza, afroamor, luta e resistência vivida e sobrevivida no contexto espiritosantense, marcado por processos de empoderamento e desejo de subversão do sistema que oprime e silencia vozes e devires. Teremos como grande homenageada a poeta, atriz e mestra Suely Bispo. Faremos um belo e mágico sarau, além do compartilhamento de experiências, vivências, afetos e luta. 

O evento acontecerá também como parte de uma programação mais geral em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha (25 de julho), estabelecido em 1992 no I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas. Esse marco histórico teve como objetivo reconhecer a luta e resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, o racismo e a exploração de classe. No Brasil, essa data foi oficialmente reconhecida em 2014 com a Lei nº 12.987, de 2 de junho de 2014, instituindo o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

Teremos como programação do Sarau de Lançamento leituras e dramatizações de poemas da coletânea e outros, apresentação de dança do ventre com Shiara Arruda, dança afro com Cibele Verrangia e performance poética com Suely Bispo, nossa grande homenageada. 
Acontecerá também um coquetel afrocentrado, a presença das artistas da coletânea que estarão autografando os livros, sorteios de livros e muita música, bailados e afroamor.
Venham!!! Vai ser bapho! Axé!




Nenhum comentário:

Postar um comentário